sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

ODOIÁ!

Odoiá!
IMAGEM PAULO S. IEMANJÁ (RAINHA DO MAR)



Surge
Um vulto sereno
À noite na praia,
bem à beira-mar
É a rainha-sereia
Senhora da areia
E do fundo do mar
Odoiá! Odoiá!
Senhora das Ondas
Rainha do Mar!
Ouço
Seu canto dengoso
Seu andar vaidoso
Me ponho a rezar
Peço com devoção:
Nas águas da vida
Me ensine a nadar
Odoiá! Odoiá!
Senhora das Ondas
Rainha do Mar!
Lena Ferreira (Sereníssima)

2 comentários:

Águia disse...

Muito lindo trabalho parabéns,montagem e poesia. Voce já merece um livro há tempos. BEIJOS poéticos TONY-MANEIRO

Malu disse...

Amém! Ousio dizer que esse foi feito para mim. Lindo! Divino! Sereno! Odoiá, Odoiá! Sábado me encontro com a Rainha do Mar! Obrigadíssima Mamuskamusa por este inesquecível presente. Teamote! Bjus.