quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

MARCAS DO PASSADO

Marcas do passado



FOTO GRAÇA LOUREIRO
Quantas imagens me vem à cabeça,
imagens que gosto de lembrar,
outras que gostaria de viver
novamente...
Na mesma intensidade.
Quantas sensações marcaram.
Sensações que tatuaram o coração
no corpo e no meu pensamento
profundamente...
Apenas por uns momentos.
Quantas palavras ecoam nos meus ouvidos,
palavras ternas em livres delírios,
sussurradas em tom amável,
delicadamente...
Numa voz embargada de amor.
Quantas marcas você deixou em mim.
Marcas do passado que não se apagam.
Tornando-se cada dia mais presente.
Intensamente...
Que nem a superficialidade pode apagar.
Marcas do passado que hoje é presente.
Passado que se tornou realidade,
que em sonho transportou ao amor
carinhosamente...
E nem o futuro poderá negar.
Felicity

Um comentário:

Miss T disse...

O amor é assim, imagens, memórias que vem e vão, e deixam marcas inegáveis. Beijo Felicity!